[CIF] Clã Iroh Fortress

Clã Iroh Fortress
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 RPG-CIF:Thorn Lee

Ir em baixo 
AutorMensagem
BarretoUsA
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 286
Idade : 24
Localização : Templo do Ar do Norte (OPI)
Aviso :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 12/04/2008

MensagemAssunto: RPG-CIF:Thorn Lee   Sab Maio 03, 2008 5:05 pm

Nome: Thorn Lee

Idade: 20

Cidade Natal: Omashu

Aparência Física: Moreno, alto e forte. Olhos azuis. Cabelos prateados e muito lisos, mas sempre estavam meio bagunçados. 1,78m de altura.

Aparecia Psicológica: Um cara que sempre está feliz, é calmo e tranqüilo, não liga para insultos. É um cara legal, mas na luta, é o pior adversário que se pode ter. Muito observador.

Dobra: Guerreiro - Prof de Artes Marciais - Ninja

História: Thorn nasceu em Omashu, numa família pobre, exatamente no dia da passagem de um cometa. Por isso, ele "ganhou" os cabelos, desde que nasceu, da cor prata; isso só foi descoberto quando um velho sábio o viu e contou a história para sua família. Seu pai era um inventor e sua mãe, uma simples dona de casa. Quando ele tinha 4 anos, seu pai reuniu toda a família e falou a notícia.

-Gente... Eu tenho uma notícia para dar-lhes... - Disse meu Pai, Sean.
-O que foi Sean!? - Disse minha Mãe, Sophie.
-Um grande empresário de Ba-Sing-Se comprou várias de minhas invenções! Ele quer que nós moremos numa fazenda ali por perto, para que eu possa acompanhar a fabricação delas! - Disse Sean, num tom eufórico e cheio de alegria.
Lá, Thorn e sua família, se depararam com uma enorme fazenda.
-É... Lar doce lar... - Disse Sean e Sophie ao mesmo tempo.

Thorn dificilmente brincava com seus irmão mais novos, Lucar e Ruily, atualmente com 16 e 15, respectivamente. Era o mais velho e seus irmãos sempre adoravam quando ele tinha paciência e brincava com eles... Para eles, como eles diziam, era como ganhar presentes no Natal.
Thorn tinha uma extrema paixão por escavar a terra... A coisa que mais gostava de fazer quando brincava com seus irmãos, era brincar de "quem escavava o maior buraco em meia-hora". E lógico, ele sempre ganhava. Mas, um dia, seu destino havia mudado por completo. Aos 7 anos, brincando de escavar a terra na propriedade de sua família, encontrou uma caixa com mais ou menos 200 shurikens de ouro, que despertou sua "paixão" ao ver aquelas coisas brilhando ao Sol, que quase o "cegavam" de tanto brilho que esbanjavam. Ele não sabia, mais aqueles Shuriknes haviam pertencido a um dos antigos Reis de Atenas, ou seja, eram de um nobre. E estavam com uma criança de apenas 7 anos. Na realidade, Thorn não saiba direito o que eram aquelas coisas em forma de estrelas... Algumas de 5, outras de 6 e outras de, até mesmo, 8 pontas. Todos os dias, Thorn pegava sua caixa de shurikens(que ficava escondida num buraco ao lado de uma árvore), e treinava até o anoitecer. Um dia, seu irmão menor Ruily, lhe seguiu e o pegou treinando. Ruily correu para casa e contou tudo aos seus pais.

-Pai! Mãe! Eu acabei de ver o Thorn com umas coisas douradas na mão... Parecem umas estrelinhas... Mas acho que não são bem como as do céu. São mais pontudas e grudam nas árvores.

Quando Thorn chegou, ele levara a maior bronca que já lhe deram em todos os seus 7, quase 8, anos de existência.

-Como é que você pode ser capaz de fazer isso!? - Disse Sean.
-Escondendo uma coisa perigosa dessas! - Disse Sophie - Você podia ter se machucado! Como você foi capaz de não nos contar - Sophie começou a falar com uma voz um pouco trêmula, quase chorando.
-"Senhor" Thorn Lee, você está de castigo por UM MÊS! Sem sair de casa, sem brincar nem nada! Apenas da escola pra casa e de casa pra escola! - Disse Sean, aos berros.

Após esse um mês de castigo, Thorn tivera mais cuidado para não ser pego outra vez por um de seus irmãos treinando. Ele crescia, e crescia e não parava de treinar. Aos 17 anos, Thorn foi à escola de guerreiros, e se especializou na arte de Shurikens, e estudando-os, descobriu que os que ele achou, eram Shurikens muito raros, poderosos e que haviam pertencido à um Rei de Atenas, que ele até esse dia não sabia.
A partir daí, Thorn vem treinando cada vez mais, para que, um dia, possa ser um Mestre na arte dos Shurikens. Após concluir os estudos da arte das Shurikens - e se tornar um verdadeiro Ninja - ele parte em busca de novas aventuras, e a procura de um novo mestre, um mestre de alguma outra “classe”. Após algum tempo, ele descobre as maravilhas que poderia ser misturando técnicas Ninjas com Samurais. Após algum tempo procurando, ele descobre o Sensei Herculanum. Thorn foi procurá-lo, e finalmente o encontrou. Chegou numa espécie de templo, com cúpulas de ouro e grandes degraus de mármore. Thorn entrou no templo, e encontrou o mestre, o Sensei Herculanum. O Sensei “analisou” Thorn e disse:

-Você! É você mesmo!
-Eu? Eu o que? – Perguntou Thorn.
-Você é o escolhido para eu ensinar a técnica milenar do Ninja-Samurai!!
-Eu? Por que logo eu?
-Você é o garoto de uma aldeia de Atenas, que nasceu com o cabelo prateado.
-Isso eu sei... Só que eu num sei por que eu tenho os cabelos assim...

E o Sensei explicou. Ele contou a Thorn que ele nascera no dia de Lua Cheia, que coincidira com a passagem do Cometa Luz Prateada. Apenas uma pessoa nascia nesse momento a cada 100 anos, e quem nascesse nesse dia, teria os cabelos prateados e reluzentes. Desde que nascera, Thorn nunca descobriu o motivo de seus cabelos serem prateados, pois ninguém de sua cidade sabia disso. E o Sensei completou, “aquele que tiver os cabelos prateados, nasce com a missão de aprender umas das 4 técnicas milenares. Uma para cada formação.”

-Certo Sensei, eu estou pronto para aprender.
-Vamos começar o treinamento ainda hoje – Disse o Sensei.

Após 2 anos, Thorn agora com 21, termina o seu treinamento de Ninja-Samurai. Era, como o seu Sensei dizia, um Mestre. Seu Sensei lhe designou duas missões. Ele chamou Thorn e disse:

-Thorn, meu aprendiz, eu preciso que você vá numa missão, fortificar a Região de Arcadia. Você terá que ensinar novas pessoas na dominação das 2 técnicas e ensine-os a arte milenar que eu lhe ensinei, para que assim, essa arte nunca seja extinta. Você os ensinará mesmo que eles não queiram fazer parte de alguma “Ordem”, a dos Ninja-Samurais. Lá, em Arcadia, existe uma falta de aventureiros. É um território belo e inexplorado. Para isso, você passará a ser um Homo-Animal, um semi-humano que escolhe um animal de todo o reino animal e pode virar ele. Eu falei um, apenas um. Qual você escolhe, meu caro aluno?
-Um animal? Assim? - pergunta assustado. - Bem, deixe-me ver. Um Lobo! Quero poder tranformar-me num lobo.
-Um lobo, ãnh. OK! - falou o Sensei. E, com algumas palavras, ele transformou Thorn num Homo-Animal. - Agora você já é um Homo-animal, parabéns!
-Certo Sensei - falou Thorn, recuperando-se do clarão. - Mas e a segunda missão?

Um silêncio penetrou na sala. Seu mestre não estava mais tão otimista como era antes.

-Sua segunda missão será confirmada se as informações que todos os membros da Ordem tiveram são verdadeiras ou não – Respondeu o Sensei Herculanum
-Que informações são essas?
-Se elas forem verdadeiras, você irá descobrir. Agora vá! E que a Luz de Mateus te acompanhe.
-Sim Sensei.

Thorn reverenciou o Sensei e saiu da sala. Foi em casa e arrumou suas coisas.
Eram 1 dia e meio de viagem, e Thorn estava muito ansioso para chegar lá.

Muitas aventuras, com toda certeza, iriam acontecer. Mas ele não estava preparado para o que ia vir...

Equipamentos: (Justifique-os na história)

Nome do Pai: (Nome e Sobrenome).

Nome da Mãe: (Nome e Sobrenome).

Atributos:

~> Força: 5
~> Agilidade: 5
~> Resistência: 3
~> Poder: 1
~> Dobra: --//--
~> Filosofia: 1
~> Chackra: 0/1000

ACEITO:O Final um Pouco Confuso,mas historia com Linguagem Escreita e bem elaborada,3 Pontos para Distribuir.

_________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
RPG-CIF:Thorn Lee
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
[CIF] Clã Iroh Fortress :: RPG-CIF :: RPG-CIF Aceitação-
Ir para: